Banca do Sunça

R$ 15

Lançado na CCXP 2018

São sete embates em 20 págs. Capa colorida papel couche fosco 150g e miolo p&b e colorido em papel off set 75g. Formato – 13X21cm.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
R$15

São vinte e nove vaquinhas finalizadas em nanquim, grafite bico de pena e pincel. Capa em p&b papel cartão supremo 250g e miolo também em p&b papel off set 120g. Em um total de 32 páginas. Formato 15,5X15cm.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

R$15

Coletânea de tiras do Bota originalmente publicadas, aqui, (botamem.com) e na sessão Supimpa do jornal Super Notícias. O livro abrange as tiras produzidas de 2013 até 2015 (75 tiras).

O formato é 26x10cm (fechado) com 84 páginas coloridas em papel Offset 120 g/m². A capa é colorida em papel cartão Triplex C2S LD 250g (laminado fosco).

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

R$ 10

Revista Botamem – Nicolau

O Bota recebe a visita de um ilustre convidado que precisa de uma “mãozinha” para uma tarefa muito importante.

A revista têm 18X25 CM (Fechada) 36X25 (Aberta), capa colorida com papel Off-set 180g e o miolo (36 páginas) preto e branco Papel Polen Bold 90g

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
R$ 10

Revista Botamem – O dia em que o Bota parou

O Bota não perde um carnaval! Mas se depara com um problema e com um “parceiro” também em situação de risco.

A revista têm 18X25 CM (Fechada) 36X25 (Aberta), capa colorida com papel Off-set 180g e o miolo (36 páginas) preto e branco Papel Polen Bold 90g

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!
R$ 10

Revista Botamem – Por um Punhado de Pinga

O Bota chega no mercadão e testemunha uma violenta injustiça. Sua “sede” de vingança é aflorada e se envolve em uma disputa “sedenolenta”.

A revista têm 18X25 CM (Fechada) 36X25 (Aberta), capa colorida com papel Off-set 180g e o miolo (36 páginas) preto e branco Papel Polen Bold 90g

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

R$30

Você já sonhou ser um jogador de futebol? Pois o personagem desta história, ainda bem novo, na época em que todos costumam sonhar, tornou-se um jogador de verdade. Como se isso não bastasse, sua vida real ganhou ares fantásticos, muitas vezes mirabolantes. O menino Reinaldo foi coroado o rei de uma torcida gigante, fez jogadas dignas dos melhores sonhos, enfrentou imensos desafios.

Quem nos conta a aventura em detalhes é Eduardo de Ávila, jornalista que acompanhou todos os lances de perto. Eduardo baseou-se no livro “Punho cerrado, a história do Rei” (de Philipe Van R. Lima, filho do próprio Reinaldo), tendo adaptado o texto diretamente para os jovens, as crianças e os sonhadores de todas as idades. Ilustrações de Felipe Assumpção.

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!