Salve-se Quem puder #04 – Batman Vs Superman – Mentiras, falsidades e picuinhas


sunca_bilau

Salve-se Quem puder é um momento de inatividade ociosa onde o Sunça exercita sua exorbitante genitália intelectual abordando os temas mais relevantes para a existência humana.

A existência é injusta, e boa parte da culpa é dos próprios humanos. Nossa sociedade busca controlar tudo, entender tudo e conquistar tudo. O que é ironicamente problemático já que nunca, ou quase nunca, conseguimos efetivar esses objetivos. O primata tenta controlar o tempo, não consegue. Tenta entender a época, não consegue. Tenta conquistar o momento, não consegue. E a única forma de se iludir de que conseguiu alguma dessas glórias é subjugando outros primatas. E assim nasce nossa percepção de poder e/ou percepção de acensão social. Vivemos em busca, sempre, de mais pujança e poderosos são corruptos. Um bom exemplo é o confronto: Batman Vs Superman.

O Superman ou Super-homem já foi retratado em diversas mídias. Recentemente, foi parte fundamental do longa Batman Vs Superman: A Origem da Justiça. No filme ele enfrenta outro personagem (Também muito retratado em diversas mídias), o homem morcego. O filme foi, e ainda é, alvo de muita polêmica, muita discussão e muita troca de conhecimento intelectual advindo de sabedoria adquirida de leite de pera. Esse tipo de saber é muito comum na internet hoje em dia, os estudiosos o definem com o termo técnico: Mimimi. “O Batman não mata!” “O Superman não mata” “Que a mulher maravilha tá fazendo em um avião?” “Sério? Entrada USB ao lado da cozinha?” “O plano do Lex Luthor é só tocar o terror mesmo?” “Qual é a do teletransporte da Lois?” São algumas das muitas reclamações e constatações sobre esse famigerado encontro. São apurações válidas, porém, acredito que a maior parte dos bípedes da ordem dos primatas, já está tão acostumada coma injustiça que é essa ressaca moral que chamamos de vida, não percebeu as mentiras, falsidades e picuinhas ali retratadas.

Kal-El nasceu no planeta Krypton. Foi mandado à Terra por Jor-El, seu pai, e adotado pelo casal de fazendeiros Jonathan e Martha Kent. Esse é o Super-homem. Um alienígena extremamente poderoso que se passa por um homem. Utilizando a inteligente tática de se disfarçar com um par de óculos, ele pode se fingir de bom moço enquanto na verdade (Quando sem os óculos) atende todas as suas vontades. Salva, mata e ajuda quem bem entender. O que funciona bem já que estamos mais preocupados com nossas vidas e com nossas séries de tv, do que em avaliar bem se os atuais poderosos atendem aos nossos desejos e/ou se estão tentando fazer o melhor por nós. Após testemunhar o assassinato de seus pais o milionário Bruce Wayne jura vingança contra criminosos, treina seu corpo, sua mente e cria uma persona para combater o crime. E como todo milionário usa sua superabundante fortuna para se equipar e conseguir poder. Um humano extremamente comum que se passa por um ser super poderoso. Utilizando a inteligente tática de destruir toda e qualquer forma mais poderosa do que ele empregando tudo o que sua grana pode comprar. O que funciona bem, já que não estamos preocupados uns com os outros e sim com a repercussão das ações desses seres poderosos na nossa própria, individual e particular existência. Aliás estamos mais preocupados em pensar no que faríamos a a grana de tal poderoso estivesse em nossa própria conta e não em um paraíso fiscal qualquer.

Um alienígena que se finge de homem para fazer o que quiser, um homem que se finge de super e usa sua grana para destruir seres mais poderosos e aumentar sua influência, se unem a uma deusa, princesa e amazona que se passa por mulher. (Mulher-Maravilha) Mas é claro, que esses poderosos apenas se uniram porque precisavam derrubar um outro poderoso que “ameaçava” a supremacia deles. Afinal, temos que controlar tudo, entender tudo e conquistar tudo.  Então sigo junto com o Homem-Aranha. Que, na situação em que se encontra, tenta usar seus poderes da melhor forma possível. E os utiliza sempre de acordo com seus princípios, independente se na sua vida pessoal só rola merda. E como rola merda.

Poderosos são corruptos.

Bjundas

Ministério do sarcasmo adverte:

Acreditar e/ou levar a sério informações desse texto é um atestado de bestialidade.

 O autor:

sunca_autorFelipe Assumpção Soares é Mestre e Doutorando em auto-sabotagem desde 1986.

Facebook / Twitter / Instagram / E-zine

Últimos textos:

Últimas críticas: